Vitor e Cadu lançam novo EP

Vitor e Cadu lançam  o segundo EP do álbum “In CG”. O material finaliza a divulgação do primeiro e bem sucedido disco dos artistas.

Eles estrearam com a faixa “Rodando Bocas”, seguiram o projeto com “Se eu me entregar” e “Coitado Dele”. Os três singles somam números absurdos, colocando Vitor e Cadu no primeiro time da música sertaneja – mesmo com menos de um ano de carreira.

Este novo EP apresenta as faixas “Gravemente Abandonado”, “Imagina nós dois”, “Mentirinha Gostosa”, “Saudade de nós” e “Uma Semana”. Das 5 faixas, 2 são autorais (Gravemente Abandonado e Mentirinha Gostosa) e 3 delas são composição de Maurício Mello (CEO da MM Music).

O disco foi produzido por Éber Sória (Pajé), com direção de vídeo de Augusto Mello (AML Films) e direção artística de Maurício Mello.

Ouça nas plataformas digitais: CLIQUE AQUI

Assista ao vídeo de “Gravemente Abandonado”:




leia mais

Jerry Smith lança “Reladinha”

Uma imagem contendo pessoa, homem, vestuário, céu

Descrição gerada automaticamente

O sonho de todos que entram no concorrido mercado musical é sair do anonimato e ter suas músicas reconhecidas pelo grande público. Essa é a história de mais um entre tantos Rodrigos desse país retratada no novo projeto audiovisual de Jerry Smith, gravado na capital paulista sob o comando da Sync Design.

Na narrativa do clipe vemos a luta para se chegar ao sucesso e a mensagem de que focar nos seus objetivos não é tempo perdido e sim, investimento para alcançar seus sonhos: “O processo de criação foi bem diferente do que estou acostumado a fazer. O normal é o artista fazer seu papel mesmo, de artista seguro, confiante e desenvolto, nesse filme fizemos o caminho inverso, uma desconstrução do popstar até o sujeito comum”, conta o diretor do projeto Rafael Marques.

Após várias tentativas em ser reconhecido, no ônibus indo para o trabalho o cantor recebe várias mensagens de seus amigos dizendo que seu clipe estava viralizando.

Sem entender bem o que estava acontecendo é surpreendido ao ver nas redes sociais, celebridades como, Paulo Gustavo, Léo Santana, Marrone da dupla Bruno e Marrone, Monique Alfradique e Lucas Veloso (atores do programa A Vila do Multishow) e Maxuelsinho (A Vila do Carlinhos Maia), Léo Marques Influencer Digital, dançando e cantando sua música.

Com o vídeo bombando na web, as pessoas começaram a se interessar mais pelo artista que seus ídolos estavam postando e, foi então que outros hits começaram a ganhar visualizações no YouTube  tais como: “Bumbum Granada” (498 M), “Troféu do Ano” (311M), “Pode se Soltar” (229M), “Kikadina” (87 M) e isso fez o anônimo Rodrigo estourar nas plataformas digitais e se tornar  o famoso Jerry Smith.

“Quis trazer um pouco do que vivi nesta minha trajetória, as dificuldades que passei para chegar onde estou. No começo não foi fácil, acordava todo dia para ir trabalhar na barbearia do meu tio e sonhava com o dia das minhas músicas serem reconhecidas. Quando você acredita, foca e luta pelos seus objetivos, sua hora chega! Esta mensagem que quero passar, se você sonha com algo, corra atrás, porque, como eu, você vai conseguir!”, comenta Jerry Smith.

A composição é do próprio cantor com sua gerente de carreira Marcia Regiane Ribeiro (Marcinha), Ruan Claudio Rebello Guimarães, Sérgio Ricardo Oliveira dos Santos e Pablo Luiz Bispo, compositor de grandes intérpretes, como por exemplo, Glória Groove, Anitta e Iza.

No maior pique Jerry Smith fechou o ano passado com 15 milhões de ouvintes somente no Spotify e mais de 467M de views em seu canal no YouTube. 2020 está só começando e vem muita novidade por aí.




leia mais

Marcelo Costa e Alan & Aladim participam do Terra da Padroeira, no domingo

Resultado de imagem para marca terra da padroeira

 

No fim de semana passado, o Terra da Padroeira abriu com chave de ouro a sua temporada 2020: o programa alcançou um excelente índice de audiência, ficando em 4º lugar entre as emissoras abertas na praça paulista. E é nesse clima de comemoração que a produção da TV Aparecida, dirigida por Jeferson Silva, traz mais uma edição neste domingo (09/02), às 9h.

O trio Kleber Oliveira, Tonho Prado e Menino da Porteira recebem no palco várias atrações como o cantor e apresentador Marcelo Costa, bastante conhecido por programas sertanejos que comandou na televisão brasileira. Ainda estarão no Terra da Padroeira, ao vivo, as duplas Alan & Aladim, Talles e Larissa, Erik & Caio, bem como o cantor Fred Liel.

Saiba mais sobre as atrações do programa:

Marcelo Costa

Nascido na cidade de Andradas (Minas Gerais), ainda criança, Marcelo Costa já estava envolvido com atividades artísticas. Com o irmão Mauro formou a dupla Estrela do Brasil. Já adolescente, Marcelo desiste do estilo de músicas sertanejas e adota o popular. Em 1962  lança o seu primeiro disco “Brasil Sertão” e o primeiro sucesso foi o bolero “Ei de Ser a Esperança em sua Vida”. Com a cantora Nalva Aguiar, ele apresentou o seu primeiro programa de tevê, na Rede Bandeirantes, o Brasil Rural. Em 1984 veio o programa Especial Sertanejo, na Record. Até o ano de 2000, Marcelo permaneceu na Record. Na sequência, o artista foi para a CNT, onde ficou por três anos. O cantor e compositor atualmente mora em Campinas (SP).

Alan & Aladim

Formada em 1976, a dupla atualmente conta com um novo cantor no lugar de Aladim. Alan & Aladim, que têm milhões de discos vendidos, sendo 4 deles de ouro, cantarão seus grandes sucessos no programa.

Talles e Larissa

Em 2014, Talles Satieri convidou Larissa Brenda para a gravação de um clipe chamado “Nossa História”. Divulgado, o vídeo fez sucesso no Youtube e a música tocou em várias rádios de Minas Gerais, terra natal dos cantores. E após outros projetos,  a dupla lançou, em 2016,  vídeos de grandes sucessos da música Sertaneja e Pop, além de composições que ambos trabalharam ao longo da carreira.

Erik & Caio

A trajetória dos artistas veio da influência do pai, que na década de 1980 formava uma dupla sertaneja. Em 1992, os meninos Erik, de 7 anos, e Caio, de 5, subiram ao palco pela primeira vez para fazer a abertura do show de João Paulo e Daniel. Desde então não pararam e já têm no currículo 4 CDs e 1 DVD. Além de belas canções no repertório, a dupla tem uma estrutura moderna e atualizada nos shows que realizam.

Fred Liel

O cantor e compositor começou aos 13 anos formando a dupla de viola Wilson e Ediel. Depois, ele dividiu os vocais com Diego, na dupla Diego e Dyliel. E antes de seguir carreira solo,  integrou a dupla Fred e Gustavo na qual emplacou os hits “Lendas e Mistérios” e “Então Valeu”, ambas de sua autoria. Em 2014, o artista lançou a carreira solo com o CD “Sertanejeiro”, trabalho 100% autoral, que teve as participações das duplas Fernando e Sorocaba, Munhoz e Mariano, Maria Cecília e Rodolfo. Na sequência vieram outros lançamentos solos. Como compositor, Fred tem suas canções gravadas por grandes nomes como Zezé Di Camargo & Luciano, em “O Defensor”; João Bosco e Vinícius, em “Sufoco”; e Jorge e Mateus, em “Pra Ter o Seu Amor”,  entre outras.

Terra da Padroeira, domingo, às 9h.




leia mais

Dilsinho divulga o teaser oficial e capa de Open House

Projeto audiovisual foi gravado em Recife, no final de dezembro de 2019

Créditos: Rodolfo Magalhães

 Acabou a ansiedade! Dilsinho divulgou hoje, 07 de fevereiro, o teaser oficial e a capa do projeto Open House, gravado em 19 de dezembro de 2019, na capital pernambucana. Com previsão de lançamento para o dia 06 de março de 2020.

Open House foi o primeiro trabalho em que Dilsinho esteve à frente de todo os detalhes, desde a concepção até o momento da gravação, passando por figurino, locação, repertório, arranjos, e todos os outros pontos importantes na criação de um projeto audiovisual. O cantor também escolheu grandes participações especiais para estarem com ele neste momento: Thiaguinho, Atitude 67, Marco e Henrique e Juliano.

No cenário, dois palcos foram montados e interligados entre si. O primeiro, “Quarto e Sala”, homônimo ao último álbum lançado pelo cantor, Dilsinho apresenta versões mais intimistas das músicas mais românticas de seu repertório, com instrumental de cordas e metais. Já no palco “Open House” foram gravadas as performances mais animadas, pulsantes, em clima de festa realmente. Ambos palcos são interativos e com presença de público, como se estivessem literalmente em casa.

A produção musical do projeto é assinada pelo próprio Dilsinho e mais dois grandes nomes: Michel Fujiwara, músico e diretor musical do cantor, além de Bruno Cardoso, vocalista do grupo Sorriso Maroto e responsável também por produzir o primeiro DVD de Dilsinho, “Terra do Nunca”.

Com direção de vídeo de Fernando Trevisan “Catatau”, da UnicFilm, Open House é mais um projeto do cantor com a gravadora Sony Music.




leia mais
Siga no Instagram @alinemoraisdivulgacoes
[Aline Morais]

Casada, mãe de três filhas e apaixonada pelo que faz! Há mais de 10 anos atua no mercado musical sertanejo como blogueira e influenciadora digital, auxiliando artistas e empresários em lançamentos e projetos específicos com muita responsabilidade, dedicação, credibilidade e serenidade.

x