No dia do Anjo da Guarda, “Todo mundo tem um anjo” bate 1 milhão de visualizações

O clipe foi lançado há 13 dias e encantou a todos com letra e delicadeza nas filmagens

Ontem, 02 de outubro, o clipe “Todo mundo tem um anjo”, do cantor Alex Fava, bateu a marca de 1 milhão de visualizações no canal do Youtube. Por coincidência, no mesmo dia é comemorado o “Dia do Anjo da Guarda++”.

O clipe foi lançado no último dia 20 e faz parte do “Projeto Consciência”, um trabalho especial do cantor, que visa abordar em suas músicas temas sociais e que não são tão falados ou discutidos na sociedade, como o abandono de idosos, a depressão e o abandono e maus tratos de animais domésticos.

“A ‘Todo mundo tem um anjo’ veio para homenagear aqueles que me apoiaram durante o projeto, meus fãs, amigos, familiares, toda a minha equipe! A cada clipe que soltávamos eu ouvia alguém falar que se identificava e que aquela música tinha sido um conforto para a pessoa, então ficamos pensando em uma forma de agradecer e homenagear as pessoas que nos apoiam e nos ajudam em momentos especiais. Assim chegamos na ‘Todo mundo tem um anjo’, e eu fiquei imensamente realizado”, explica o Alex Fava.

Em paralelo ao projeto, Alex Fava segue com sua agenda de shows e está se preparando para gravar uma nova música, voltado ao sertanejo pop-romântico.




leia mais

Alex Fava comemorou um ano do Projeto Consciência com visita à casa de repouso

Em 26 de julho de 2018, Alex Fava dava início à trilogia “Projeto Consciência”, com a música “Vô”. O tema fala sobre o abandono de idosos e a relação deles com suas famílias, principalmente, netos. A data escolhida, não foi mera coincidência: dia 26 de julho –  Dia dos Avós.

Para celebrar Alex Fava visitou moradores de uma casa de repouso na Casa Verde, em São Paulo, o local é apoiado pelo Grupo Vida. Lá, o cantor animou os moradores, ouviu suas histórias, passou momentos agradáveis e fez um pocket show, além disso, presenteou os idosos com uma rosa amarela, simbolizando a esperança e dando amor no dia dos avós. “Foi um dia incrível que ficará para sempre marcado na minha memória e no meu coração”, conta Alex Fava.

Além da música “Vô”, o Projeto Consciência também abriu espaço para a depressão, em “Devolva o Meu Coração”, e o abandono e a adoção responsável de animais domésticos em “4 Patas”. Juntas as músicas contam com mais de 20 milhões de visualizações no canal do Youtube.

Atualmente o cantor prepara mais uma faixa para lançar e dar continuidade a trilogia.




leia mais

Alex Fava e Luísa Mell se unem para ajudar os amigos de 4 patas

Na manhã de ontem (09), Alex Fava visitou o instituto Luísa Mell e contou sobre o seu projeto. O cantor levanta a bandeira do sertanejo social e lançou recentemente a última música desta trilogia, intitulada “4 patas”.

Esta canção fala do abandono de animais e a letra é como se o cachorro abandonado narrasse sua experiência ao tentar sobreviver pelas ruas e o que ele espera do próximo tutor. “É um pedido de socorro”, diz o cantor. O tema tem tudo a ver com alguns recentes casos de maus tratos aos animais, sendo muitos deles, inspiração para o projeto. O clipe de “4 Patas”  bateu 5 milhões de visualizações no canal do Alex Fava no youtube.

Na visita ao Instituto Luisa Mell, Alex Fava sensibilizado com o todo lindo trabalho, fez uma doação de ração, que servirá para alimentar os animais pelo período de um mês. Luísa esteve presente e se emocionou ao ouvi a história do projeto e também ao ouvir a música. “Gente, que música linda, vou colocar o link nas minhas redes sociais para as pessoas ouvirem”, disse a influencer.

O instituto foi fundado em fevereiro de 2015, e atua principalmente no resgate de animais feridos ou em situação de risco, recuperação e adoção. Eles mantém um abrigo com cerca de 300 animais, entre cães e gatos, todos resgatados das ruas, onde eles são protegidos, alimentados e aguardam pela chance de serem adotados.




leia mais

Sertanejo Social de Alex Fava bate mais de 16 milhões de views no Youtube

“4 Patas” completou um mês do lançamento e já passou os 4 milhões de visualizações. Somados os números, a trilogia “Projeto Consciência” já chegou aos 16 milhões e a expectativa é que os números aumentem cada vez mais.

O cantor Alex Fava tem sido o responsável em levantar a bandeira social dentro do sertanejo atualmente. Há um mês, ele lançou em suas redes sociais e, também em todas as plataformas digitais, o trabalho “4 patas”, a música que encerra a trilogia “Projeto consciência” composta também pelos singles “Vô” e “Devolva meu coração”. Na primeira, Alex Fava aborda o abandono na terceira idade e na segunda ele faz um alerta para a depressão.

Para fechar, “4 patas” fala do abandono de animais, a música conta a experiência de um cachorro abandonado que tentar sobreviver pelas ruas e o que ele espera do próximo tutor.

“É um pedido de socorro”, diz o cantor. “Eu me sensibilizo com esses casos, gostaria de encontrar uma forma de ajudar os animais abandonados e que sofreram algum tipo de agressão. Sei que existem ONGs que aceitam doações, mas eu queria fazer mais! Então, conversei com meu pai e alguns amigos e achamos que falar disso é importante para conscientizar as pessoas, foi assim que nasceu “4Patas”, explica Alex Fava.

A ideia é alertar e “abrir os olhos” das pessoas para um movimento de conscientização, de mudança para melhorar vidas, e assim fazer com que todos possam achar uma causa e apoiá-la da maneira que for possível. Um mês após o lançamento, a música “4 Patas” já conta com mais de 4 milhões de visualizações no canal oficial do cantor no YouTube. Somados aos números de “Vô” e “Devolva Meu Coração”, o projeto bateu o mais a marca de 16 milhões de visualizações e a expectativa é que continue crescendo cada vez mais.




leia mais
Siga no Instagram @alinemoraisdivulgacoes
[Aline Morais]

Casada, mãe de três filhas e apaixonada pelo que faz! Há mais de 10 anos atua no mercado musical sertanejo como blogueira e influenciadora digital, auxiliando artistas e empresários em lançamentos e projetos específicos com muita responsabilidade, dedicação, credibilidade e serenidade.

x